A HISTÓRIA LOCAL E A MEMÓRIA: O ENSINO DE HISTÓRIA NAS SÉRIES INICIAIS / THE LOCAL HISTORY AND THE MEMORY: THE TEACHING OF HISTORY IN THE PRIMARY SCHOOL

Patrícia de Sousa Santos

Resumo


A presente reflexão tem como mote, o estudo de história local nas series iniciais nas escolas de educação básica de Floriano – PI, o propósito da pesquisa é mostrar como os educadores trabalham com a manutenção da memória da cidade a partir do estudo da história local. O trabalho é resultado de projeto de pesquisa desenvolvido no Instituto Superior de Educação São Judas Tadeu entre os anos de 2014 e 2015. Vale lembrar que nessa fase há uma preocupação limitada com a transição do conhecimento histórico levando aos alunos apenas conhecimentos pré-programados, ou seja, as chamadas datas comemorativas, sem a preocupação de problematização ou localizar esses alunos no espaço-tempo dos acontecimentos, levando-os a ter um conhecimento falho e limitado da história. Percebemos a manutenção da memória de um povo como fator importante no seu processo de formação são essas memórias e a sua conservação que leva o povo a respeitar e manter tradições milenares que às vezes existem no lugar onde vivem, mas que são desconhecidas da maioria da população.

 

Palavras-chave: História Local. Memória. Ensino de História.

 

Abstract: The present reflection has as its motto, the local history study in the initial series in the elementary schools of Floriano - PI, the purpose of the research is to show how the educators work with the maintenance of the memory of the city from the study of local history. The work is the result of a research project developed at the São Judas Tadeus Higher Education Institute between the years 2014 and 2015. It is worth remembering that at this stage there is a limited concern with the transition of historical knowledge leading to students only preprogrammed knowledge, or or the so-called commemorative dates, without the concern of problematizing or locating these students in the space-time of the events, leading them to have a flawed and limited knowledge of history. We perceive the maintenance of the memory of a people as an important factor in their process of formation are these memories and their conservation that leads the people to respect and maintain millennial traditions that sometimes exist in the place where they live but which are unknown to the majority of the population.

 

Key-words: Local History. Memory. History Teaching.     


Texto completo:

PDF

Referências


BITTENCOURT, C. M. F. As ‘Tradições Nacionais” e o Ritual das Festas Cívicas. In: PINSKY, J. O Ensino de História e a Criação do Fato. São Paulo: Contexto, 1990.

______. Ensino de História: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2004.

GANDARRA, G. S. Rio Parnaíba... Cidades – Beira (1850-1950). Teresina: EDUFPI, 2010.

GONÇALVES, J. R. Os Limites do Patrimônio. In: A Retórica da Perda: os Discursos do Patrimônio Cultural no Brasil. Rio de Janeiro: Editora UFRJ; MinC-Iphan, 2002.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. 10 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

JANOTTI, M. de L. M. História, política e ensino. In: BITTENCOURT, C. (Org.). O saber histórico na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2008.

NIKITIUK, S. L. (Org.). Repensando o ensino de história. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

POLLAK, M. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 5, n. 10, p. 200-212, 1992.

SAMUEL, R. História Local e História Oral. Revista Brasileira de História. v. 9, n. 19, p. 219-242, 1990.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 DIÁLOGOS E CONTRAPONTOS: ESTUDOS INTERDISCIPLINARES